Acessibilidade

Passe o mouse na imagem p/ ampliar
Livro visualizado 3835 vezes
Categoria(s): Ficção

Obrigada a viver

Clique para avaliar
Selecione a(s) versão(ões) que você deseja comprar:

Sinopse

Uma menina de poucos anos cai num poço. Choveu, todo o terreno em volta está alagado, um barranco próximo vai desabar nos próximos instantes e soterrar o poço com a menina dentro, não se sabe ao menos se a menina está viva. É um salvamento dramático, com bombeiros, forças militares, helicóptero, muito heroísmo e tudo o mais. Um conto de ação, que conta um drama, que causa emoção. Estou falando do conto “Questão de ferramentas”, que exalta a tecnologia moderna. São 12 contos. Abordam temas diversos e o leitor vai se deparar com um universo que não pode ser encontrado em nenhuma outra parte do mundo, ele só existe nos meus livros, as coisas mais estranhas, mais inimagináveis. Os meus livros retratam o que há na minha mente, no meu espírito, meu coração. Se eu pudesse contar o que há dentro de mim não precisava escrever livros, escrevo livros justamente para me comunicar. Tem que ler para saber do que se trata. Estórias de amor, de desventuras de ordem sexual e amorosa, psiquiatras, pessoas malucas, aventura, curiosamente nesta coletânea há pouca violência, há mais poesia do que violência. Em um outro conto, “Nós estivemos vivos um dia”, há um enorme mistério, que cria suspense.

Descrição

Especifição

E-book

Páginas: 478
Idioma: Português
Edição:
Ano de Lançamento: 2012
Formato: PDF, E-Book
Impressão Permitida: Não
Impressão de Seleção: Não
Cópia Permitida: Não
Cópia de Selecão: Não
ISBN:

Impresso

Páginas: 478
Idioma: Português
Encadernação: Brochura
Dimensão: A5
Edição:
Ano de Lançamento: 2012
ISBN:

Conheça o autor

Autor

Tom Azevedo

Itaboraí - RJ

Nasci no Rio de Janeiro, tenho 70 anos. Estudei até a quarta série do antigo curso ginasial. Trabalhei como escriturário contratado no Banco Central, como balconista em loja de peças de caminhão, caminhoneiro, ferro-velho, camelô, servente de pedreiro, lenhador, lavrador, criei vacas, porcos, galinhas, servi o exército em 1961, trabalhei por 12 anos para uma editora fazendo traduções de espanhol e a seguir de inglês, traduzi Dickens, Poe, Herman Melville, no fim escrevia minhas próprias estórias

Ver todos os livros deste autor

Whatsapp